top of page

Acebra reúne Brasil e Espanha para falar sobre ciência e cooperação

Atualizado: 23 de set. de 2023


Nos dias 16 e 17 de junho, aconteceu na sede do Instituto Cervantes, no Rio de Janeiro, o I Encontro Acebra para promover a ciência, a cultura e a cooperação entre Espanha e Brasil. O evento foi organizado pela jovem Associação de Cientistas Espanhóis no Brasil (Acebra), um grupo de pesquisadores espanhóis que residem no Brasil e que trabalham para promover a cooperação científica, mobilidade de pesquisa e acordos bilaterais entre organizações espanholas e brasileiras, financiado pela Fundação Ramón Areces e com o apoio da Embaixada da Espanha no Brasil.


O evento, inaugurado pela embaixadora da Espanha no Brasil, Mar Fernández Palacios, a diretora geral da Fundação Espanhola de Ciência e Tecnologia (FECYT), Imma Aguilar, e pelo representante do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil, Carlos Aragão, e que contou com as intervenções da ministra da Ciência e Tecnologia da Espanha, Diana Morant, do embaixador da Europa no Brasil, Ignacio Ibáñez, do diretor da Fundação Ramón Areces, Raimundo Pérez e da presidente da Associação de Cientistas Espanhóis no Brasil, Veronica Arán Ponte .





Durante o encontro, foi realizado um diálogo entre pesquisadores do Brasil e da Espanha e as principais instituições de fomento científico da Espanha, como o Ministério da Ciência e Inovação (MCIN), a Fundação Espanhola de Ciência e Tecnologia (FECYT), a Agência Espanhola de Pesquisa (AEI), a Agência Espanhola de Pesquisa e Desenvolvimento (AECID), o Serviço Espanhol de Internacionalização da Pesquisa (SEPIE) e o Centro de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (CDTI), e instituições de fomento do Brasil como o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil (MCTI), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).



A nível internacional, a Rede de Associações de Cientistas Espanhóis no Exterior (RAICEX), a Rede de Cientistas Espanhóis no México (RECEMX) e EURAXESS desempenharam um papel de destaque como catalisadores do diálogo e da promoção de projetos entre a Europa e a América Latina. Da mesma forma, no nível educacional, representantes do ensino de espanhol no Brasil como o Instituto Cervantes, o Colégio Miguel de Cervantes e o Ministério da Educação da Espanha no Brasil apresentaram suas múltiplas iniciativas para difundir o ensino de espanhol no território brasileiro.


A partir desta reunião, as organizações de ambos os países iniciaram um diálogo mediado pela Acebra para promover políticas de intercâmbio e financiamento e aumentar a cooperação científica entre Espanha e Brasil e melhorar a divulgação de chamadas de projetos de pesquisa conjuntas.


Você pode assistir novamente ao streaming do nosso I Encuentro Acebra nos seguintes links:



Não perca!




bottom of page